terça-feira, 25 de abril de 2017

COMPLICOU...

Marqueteiro João Santana confirma: Dilma Rousseff sabia de caixa dois na campanha
Marqueteiro prestou depoimento em ação que tramita na Justiça Eleitoral e que pode levar à cassação da chapa Dilma-Temer.

Marqueteiro das campanhas presidenciais dos petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, o publicitário João Santana afirmou nesta segunda-feira, em depoimento à Justiça Eleitoral, que a ex-presidente cassada sabia do esquema de caixa dois utilizado em 2014 em sua campanha à reeleição. Santana fechou acordo de delação premiada na Operação Lava-Jato e é testemunha-chave no processo em que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai decidir se cassa a chapa Dilma-Temer, vencedora no último pleito.
Santana depôs por cerca de duas horas, por meio de videoconferência, ao ministro Herman Benjamin, relator da ação de impugnação de mandato em tramitação no TSE. Pouco antes das 9h30 desta segunda-feira, a sócia e mulher dele, Mônica Moura, também delatora da Lava-Jato, relatou ter tratado pessoalmente com Dilma, em uma reunião no Palácio do Planalto em 2014, do esquema ilegal de arrecadação de recursos para a disputa eleitoral. Na versão apresentada pela publicitária ao ministro Herman, os contatos com o PMDB e com o então candidato a vice-presidente, Michel Temer, se resumiam a preparações para os programas de TV.
A delação premiada do casal João Santana e Mônica Moura é considerada a pá de cal contra Dilma Rousseff na ação que tramita no TSE. O vice-procurador-geral eleitoral Nicolao Dino revelou a existência do acordo com a Justiça após a defesa da ex-presidente ter conseguido que o processo fosse reaberto para a oitiva do ex-ministro Guido Mantega. Mantega, aliás, é apontado pela dupla de marqueteiros como o operador do caixa dois presidencial na campanha de 2014. Na campanha anterior, como o casal já havia admitido ao juiz Sergio Moro, cabia ao ex-ministro Antonio Palocci a tarefa de administrar os recursos não contabilizados, em boa parte provenientes dos cofres da Odebrecht, para irrigar o caixa eleitoral de Dilma. Também em depoimento à Justiça Eleitoral, o delator da Odebrecht Hilberto Mascarenhas disse que João Santana recebeu, via caixa dois, pelos serviços de marketing político prestados a campanhas presidenciais em El Salvador, Angola, Venezuela, República Dominicana e Panamá. Fonte: Agora RN
Consórcio planeja organizar roteiro turístico da região do Litoral Norte potiguar
Partícipe do planejamento, empresário do setor imobiliário Caio Fernandes diz que “se projeto der certo, servirá de referência” no Rio Grande do Norte.

O empresário Caio Fernandes, fundador da Caio Fernandes Imobiliária, possui um novo projeto em vista que, curiosamente, não trata exatamente do mercado imobiliário. Ele está articulando um consórcio – ainda sem nome e orçamento – que visa à construção de um novo roteiro para alavancar o Turismo no Rio Grande do Norte, especificamente na região do Litoral Norte. Caio esteve reunido na última semana com o governador Robinson Faria (PSD) e os prefeitos dos nove municípios envolvidos – Extremoz; Maxaranguape; Touros; Rio de Fogo; São Bento do Norte; Caiçara do Norte; São Miguel do Gostoso; Ceará-Mirim e Pedra Grande – para discutir vantagens, logísticas e outros assuntos para consolidar o plano.
O consórcio foi criado, segundo Caio, por se apostar na região e pelo fato de que muitos consideravam ser difícil a união desses prefeitos. O empresário, todavia, garantiu que está com 100% da participação deles. No entanto, segundo ele observa, os gestores que receberam as prefeituras no primeiro mandato, quase todos se encontraram com o município devendo e sem poder se movimentar. “São heróis. É um supertime de prefeitos”, elogia Caio, em exclusivo ao Agora Jornal. Ele explica em quais fundamentos se baseiam o projeto. “Nossos pilares são: segurança (não há turista sem oferecimento de segurança); acessibilidade (o acesso aos municípios vão melhorar e outros vão ser criados) e qualificação de mão de obra (o turista precisa ser bem recebido, ele precisa ter o mínimo do que tem em casa)”. Neste quesito, Caio analisa que deve-se entender e falar o básico de inglês e prestar sempre um bom atendimento aos visitantes. Serviços como o Sebrae e o Senac vão ajudá-los a tornar este planejamento uma realidade.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Janot adia votação de resolução que poderia atingir a Lava-Jato

Por 8 votos a 1, a maioria do alto colegiado do MPF caminhava para aprovar uma resolução que limita o recrutamento de procuradores para forças-tarefas e cargos da PGR.


Uma sessão de votação do Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF), em que possíveis impactos à Lava-Jato estiveram no centro da discussão, foi interrompida por um pedido de vista do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Por 8 votos a 1, a maioria do alto colegiado do MPF caminhava para aprovar uma resolução que limita o recrutamento de procuradores para forças-tarefas e cargos da Procuradoria-Geral da República (PGR).

A proposta é da sub-procuradora Raquel Dodge, que deve concorrer à vaga de Janot na eleição que será realizada em julho.

A proposta, segundo Dodge, visa não sobrecarregar as procuradorias que cedem pessoal, mas ainda está sendo discutido possíveis regras de transição e de blindagem aos grupos de trabalhos já existentes, propostas em dois substitutivos (novas versões) do texto original.

A regra, que já tem maioria para aprovação, estabelece que nenhuma unidade possa ceder mais do que 10% do seu quadro total de procuradores. Nesta segunda-feira, 24, foram apresentados os substitutivos que podem preservar de impacto os grupos de trabalho já montados e podem dar um prazo de transição até o dia 3 de janeiro para a adaptação das unidades recrutadoras que teriam de devolver procuradores. 

AINDA HÁ TEMPO PARA MUDAR

Placar mostra que votos contra a reforma sobem para 197 e a favor, para 73


A atualização do Placar da Previdência, levantamento realizado pelo Grupo Estado com deputados, depois das mudanças anunciadas na proposta, mostra que o número de parlamentares contrários à reforma subiu para 197, enquanto o dos que são a favor avançou para 73.
Às 13h22 desta segunda-feira, 24, havia 49 indecisos; 118 não quiseram responder; 73 não foram encontrados e 1 não foi contatado.
O Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, e o jornal O Estado de S. Paulo vão publicar atualizações do placar até a votação final da proposta.

PISO NACIONAL DO MAGISTÉRIO...

Estado reajusta salário dos professores a partir de 1º de maio; confira valores

Reajustes salariais variam por níveis e contemplam prestadores de serviço e inativos; tabela também será recomposta.
O governador Ricardo Coutinho anunciou nesta segunda-feira (24) que, a partir de 1º de maio, os professores da Rede Estadual de Ensino terão os salários reajustados. Os professores do nível 1 da Classe A – menor salário – passarão a receber R$ 2.611. Os reajustes variam por níveis e contemplam prestadores de serviço e inativos. A tabela também será recomposta.
“Para o prestador de serviço o governo do Estado vai conceder aumento de R$ 300, sendo R$ 150 para alimentar o sistema mensalmente, obrigação que também será remunerada. Isso dá em torno de 23% de aumento para o professor que presta serviço, lembrando que em janeiro essa categoria já teve aumento de salário”, destacou o governador.

Com relação aos efetivos, Ricardo Coutinho destacou que o governo do Estado irá refazer a tabela. “A tabela vai ter salário a partir de R$ 1.724,10, com 2% de aumento a cada nível. São sete níveis. Além disso, terá ainda 10% de aumento entre uma classe e outra. Serão 10% na Classe B, mais 20% na Classe C, em relação à Classe A, mais 30% na Classe D, que é mestrado, mais 40% na Classe E, que contempla os professores com doutorado”, explicou o governador.

Reajustes totais

Ainda de acordo com o chefe do Executivo paraibano, desde dezembro do ano passado, os reajustes chegam a 39,8% para os professores da Classe A – nível 1 -, até 51% para os professores com doutorado, que estão no nível 1 da Classe E. “Uma parte desse reajuste será feito em forma de bolsa para aqueles professores que estão em sala de aula, mas também por meio da recomposição da tabela, contemplando os aposentados”, pontuou Ricardo. “Essa tabela varia de 34%, 27% na Classe D no nível 1, até 7,64% no ano no nível 1 da Classe A”, completou.
Com isso, alguns professores terão reajustes que variam de R$ 800 a R$ 1.150 no período de cinco meses. “Vamos cada vez mais, ao lado da categoria, fazer as cobranças para melhorar a qualidade da educação pública”, concluiu Ricardo.
DO BLOG: Bom lembrar aos gestores eleitos em outubro de 2016 que, a lei do Piso Nacional do Magistério vem sendo cumprida a risco. A falta de pagamento pelos Prefeitos do Piso, é incorrer na ilegalidade. O FUNDEB é exatamente para fazer frente a esse reajuste que diga-se de passagem, é retroativo a janeiro.  

É POSSÍVEL REALIZAR...

Prefeitura prevê R$ 250 milhões de investimentos este ano

Cidade Industrial comemora "aniversário" no próximo dia 15 de maio.


Estimativas apontam para investimentos da ordem de R$ 250 milhões de recursos públicos em Várzea Grande neste ano de 2017 em obras e ações que vão manter aquecida a economia local, gerando emprego e renda, mesmo em momento de crise nacional e até mesmo mundial.

A prefeita Lucimar Campos (DEM) reafirmou que a cidade e sua população têm muito o que comemorar neste ano, quando o Município completa 150 anos de fundação, no próximo dia 15 de maio e 69 anos de emancipação, que serão comemorados em 23 de setembro.

“Temos mais de R$ 250 milhões em obras e ações de interesse da população sendo investidos em Várzea Grande, tanto de recursos próprios do Tesouro Municipal, como de recursos estaduais graças ao apoio do governador Pedro Taques e dos deputados estaduais através de emendas e também recursos federais que chegam por convênio ou também por emenda”, disse a prefeita.

PARTICIPAÇÃO POPULAR...