quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

CEARÁ-MIRIM - CÂMARA APROVA INDICAÇÃO DO VEREADOR CARLOS RAMALHO-PSD QUE SOLICITA AMPLIAÇÃO DA REDE DE ABASTECIMENTO D’ÁGUA EM COMUNIDADE RURAL


ATUAÇÃO PARLAMENTAR
A Câmara Municipal de Ceará-Mirim aprovou, na sessão ordinária desta terça-feira 21/02, indicação nº 85/2017 do vereador Carlos Ramalho-PSD direcionada à Prefeitura e ao Serviço Autônomo de Água e Esgotos-SAAE.
O documento solicita a ampliação da rede de abastecimento d’água da comunidade rural de Primeira Lagoa, especificamente no Assentamento São Sebastião 1.
De acordo com o parlamentar, é uma reivindicação antiga dos moradores da localidade, o que não é tão difícil de se resolver.
O vereador lembra, que água é um bem precioso, fonte de vida e sem dúvida, um dos primordiais benefícios do ser humano.
Diante da dura realidade da estiagem enfrentada pelas populações, esta proposição irá propiciar melhores condições de vida aos moradores da referida comunidade, pois caso seja atendida, a população da localidade terá água potável para consumo e uso diversos.
Outras indicações do vereador Carlos Ramalho também foram aprovadas, confira:
85/2017 – Solicita a implantação do saneamento básico na rua Cap. José da Penha, próximo ao bairro Cinco Bocas.
86/2017 – Solicitando o esgotamento de fossas residenciais na comunidade rural de Primeira Lagoa que estão ocasionando poluição ambiental e mal estar social aos moradores da localidade.
118/2017 – Solicita um trator para corte de terra e retroescavadeira para cavar buraco objetivando colocar o motor e desenvolver a prática da agricultura na comunidade de Oitizeiro. As máquinas visam o plantio nesse período de iniciação chuvosa para fortalecer os pequenos agricultores dentro do Programa da Agricultura Familiar.
-----
Cordialmente,
Câmara Municipal de Ceará-Mirim
Assessoria de Comunicação Social
Jorge Moreira – (84) 99139-7320
Jorgemoreira2008@hotmail.com

CEARÁ-MIRIM - VEREADORA ÂNGELA AQUINO-PTC SOLICITA A CONSTRUÇÃO DE UMA QUADRA POLIESPORTIVA NO BAIRRO NOVA DESCOBERTA


ATUAÇÃO PARLAMENTAR
Através de Indicação nº 105/2017, a vereadora Ângela Aquino-PTC solicita à Prefeitura de Ceará-Mirim a construção de uma quadra poliesportiva no bairro Nova Descoberta.
Ofício informando sobre tal solicitação, ela pede que seja enviado ao prefeito Marconi Barreto, bem como às Secretarias Municipais de Juventude, Esporte, Cultura e Lazer, e de Infraestrutura, Urbanismo e Obras.
A indicação foi apresentada na sessão ordinária na tarde desta terça-feira 21/02, tendo sido aprovada à unanimidade pelo Plenário da Casa.
De acordo com a vereadora, a atividade física praticada pelas crianças, adolescentes e jovens é de grande importância para um desenvolvimento mais saudável, tanto físico como psíquico dessa faixa etária de idade, uma vez que, segundo especialistas, a falta da prática de esportes aumenta os riscos de doenças, provocadas pelo sedentarismo.
“Com uma quadra poliesportiva, a juventude do bairro pode realizar suas atividades físicas, mesmo em dias chuvosos, bem como em dias ensolarados e de alta temperatura, ficando todos protegidos das ações do tempo”, explica a vereadora.
Essa reivindicação é um pedido antigo dos moradores do bairro Nova Descoberta, e que portanto, a vereadora Ângela Aquino pede a construção da referida praça esportiva, já que a comunidade abriga inúmeras crianças, adolescentes e jovens, haja vista, que também é de responsabilidade do Poder Legislativo Municipal lutar por uma melhor qualidade de vida para os cidadãos oferecendo uma estrutura com acomodações saudáveis para a prática de atividades físicas e recreativas.
Também na mesma sessão, indicação nº 117/2017, foi aprovada, na qual, a vereadora Ângela Aquino, solicita da Prefeitura a revitalização e correção da iluminação da Praça em frente à Igreja Católica no Assentamento Rosário.
-----
Cordialmente,
Câmara Municipal de Ceará-Mirim
Assessoria de Comunicação Social
Jorge Moreira – (84) 99139-7320
Jorgemoreira2008@hotmail.com

O vereador João dos Ônibus declara seu apoio à classe de trabalhadores do município de Ceará-Mirim


Na noite desta quinta-feira, 21, o vereador João dos Ônibus declarou seu apoio à classe dos trabalhadores da rede pública municipal em Audiência Pública realizada na Câmara Municipal de Ceará-Mirim, momento este que o edil enfatizou a ausência dos representantes do Poder Executivo em não disponibilizar no encontro o secretário de educação, portanto, o parlamentar promoveu outros questionamentos referentes a atual gestão do prefeito Marconi Barretto, tipo: As melhorias nas estruturas físicas das entidades educacionais e que as condições de trabalho sejam implantadas para os trabalhadores se sentirem confortáveis em seu ambiente de trabalho.
O edil irar acompanhar todos os tramites realizados para que a carga horária de 8h não seja implantada na rede pública municipal, fato este que está deixando todos os trabalhadores inconformados com a atitude do prefeito Marconi Barretto.



Fonte: Iran Júnior - Assecom CM/CM 

Vereador Marcos Farias estará sempre ao lado do povo livre de Ceará-Mirim


Na audiência Pública realizada na noite desta quinta-feira, 21, o vereador do Partido Humanista Marcos Farias reiterou seu total apoio a classe dos trabalhadores do município de Ceará-Mirim em desacordo com a mudança de carga horária de trabalho para os funcionários da rede pública municipal que se dará em 8h de trabalho diariamente, assim pretende a nova gestão implantar no próximo dia 06 de março, quando se dará início ao ano letivo.
O SINTE/RN recebeu apoio dos vereadores que discursaram na noite de ontem e os edis se mostraram perplexo ao saberem de tal atitude do prefeito Marconi Barretto em mudar a jornada de trabalho, entretanto, vários questionamentos foram impetrados na audiência pública e um dos fatos mais questionados foi a ausência de um representante do Poder Executivo e a falta de tratamento com este assunto da secretaria de educação, pois não enviou nenhum representante para a referida audiência.
O vereador Marcos Farias estará sempre mostrando para a população cearamirinense que o seu mandato será ao lado do povo e não medirá esforços para procurar as devidas providências e as soluções cabíveis para os diversos problemas existentes encontrados na cidade dos Verdes Canaviais.


Fonte: Iran Júnior - Assecom CM/CM 

Onze pessoas são assassinadas após homicídio de policial em Ceará-Mirim

Segundo imprensa estadual(Novo Jornal), 11 pessoas foram assassinadas em Ceará Mirim, em dois dias. Os crimes, segundo o jornal, aconteceram depois da morte do Sargento PM, Botelho, ocorrida na noite de segunda feira, 20, em uma lanchonete da cidade, próximo ao Hospital Dr. Percílio Alves.

A Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa(DHPP), atua na cidade com quatro equipes para esclarecer os crimes.

O clima na cidade é de pânico e terror. A comunidade do Vale do Amanhecer, onde correu maior número de mortos, vive momento de preocupação.

O pacto entre Janot e o governo Temer

Avança a estratégia do Procurador Geral da República (PGR) Rodrigo Janot de garantir a blindagem do PSDB, mesmo na hipótese de não ser reconduzido ao cargo.

Segundo matéria do jornal Valor Econômico, o governo Temer já aceita, como favorito à sucessão de Janot, o subprocurador José Bonifácio Borges de Andrada, estreitamente ligado ao senador Aécio Neves, e indicado vice procurador de Janot, após a saída de Ella Wiecko.
Ex-Advogado Geral da União do governo Fernando Henrique Cardoso, e Advogado Geral do estado de Minas na gestão Aécio Neves, Andrada mantém não apenas as ligações partidárias, como tem um posicionamento francamente conservador em temas ligados aos direitos humanos.
Com sua indicação futura, e com a indicação de Alexandre Moraes para o STF (Supremo Tribunal Federal), consolida-se a primeira rodada de cerco à Lava Jato, em relação aos alvos tucanos.

Daqui até setembro, quando encerra seu mandato, Janot se preocupará com sua estratégia de fortalecimento do PSDB junto ao governo Temer, empurrando com a barriga as denúncias contra o partido e investindo pontualmente contra a banda pemedebista.

CCJ do Senado aprova a indicação de Alexandre de Moraes para o Supremo


Sabatina de Alexandre de Moraes na CCJ do Senado durou mais de 11 horas 
Da Agência Brasil
http://adrank.com.br/www/delivery/lg.php?bannerid=1230&campaignid=716&zoneid=128&loc=1&referer=http%3A%2F%2Fjornalggn.com.br%2Fnoticia%2Fccj-do-senado-aprova-a-indicacao-de-alexandre-de-moraes-para-o-supremo&cb=9479b78c8b
Após mais de 11 horas de sabatina, com perguntas de 40 senadores, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou, por 19 votos a favor e 7 contrários, a indicação de Alexandre de Moraes, 48 anos, para ocupar vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). A indicação ainda precisa ser votada pelo plenário da Casa, em sessão marcada para esta quarta-feira (22).
Indicado pelo presidente Michel Temer para o lugar do ministro Teori Zavaski, morto na queda de um avião em janeiro, Moraes falou sobre o chamado ativismo judicial, que é quando o Judiciário se antecipa ao Poder Legislativo e regulamenta temas que não foi abordado pelo Congresso,  como casamento gay e mudanças no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Questionado sobre aborto, o indicado preferiu não emitir opinião, porque disse que poderá ser chamado a se manifestar sobre isso em ação corrente no Supremo, o que significaria antecipação de voto.
A sabatina começou por volta das 10h com diversas questões de ordem da oposição pedindo o adiamento da reunião. O presidente do colegiado, senador Edison Lobão (PMDB-MA), negou todas. Ministro licenciado da Justiça, Moraes chegou ao Senado acompanhado da esposa e negou que tenha advogado para uma organização criminosa de São Paulo.
Moraes negou também que tenha plagiado sua tese de pós-doutorado de um jurista espanhol e promoteu declarar-se impedido em ações que envolvam o  escritório de advocacia da mulher. Sobre sua atuação na Corte Máxima do país, disse que “será independente” e que não considera sua indicação ao Supremo um “agradecimento político”.
Sobre o uso de prisões preventivas, Alexandre de Moraes defendeu que as prisões nesses casos devem durar “tempo proporcional” ao crime que a pessoa é acusada. Ele evitou tomar posição sobre o foro privilegiado, mas disse que o mecanismo traz problemas operacionais para a Justiça.
O ministro licenciado da Justiça defendeu ainda a regulamentação do poder de investigação do Ministério Público e a mudança da Lei Orgânica Nacional da Magistratura para possibilitar penas mais severas a juízes condenados por atos ilícitos.
A senadora Gleisi Hoffmann se declarou impedida de votar por ser ré na Operação Lava Jato, que tramita no STF. A intenção, segundo a senadora, era que outros parlamentares investigados também se abstivessem, o que não ocorreu.
Para ter a nomeação aprovada, Alexandre de Moraes precisa ter, no mínimo, os votos favoráveis de 41 dos 81 senadores no plenário do Senado, em votação que deve ocorrer em sessão extraordinária convocada para as 11h desta quarta-feira.